Brasil. República Federativa do Brasil
Notícias RSS

contraste

separador

Crea-SP realizou no sábado primeiro Congresso Regional de Profissionais do ano

Evento realizado em Araçatuba deu início às etapas preparatórias do CEP 2019


Encerradas as discussões dos eixos temáticos, os Inspetores candidatos a delegados apresentaram o resumo de suas propostas

 

Neste sábado (06/04) o Crea-SP realizou, no auditório da Universidade Paulista – UNIP em Araçatuba, o primeiro Congresso Regional de Profissionais (CRP) de 2019, como parte do programa preparatório para o 10º Congresso Estadual de Profissionais (CEP), evento que o Conselho realiza em agosto próximo, em local a ser definido. Esse ciclo de encontros acontece a cada três anos, culminando sempre com a realização do Congresso Nacional de Profissionais (CNP).

O CNP é um fórum organizado pelo Confea, apoiado pelos Creas e pelas entidades nacionais, que tem por objetivo discutir e propor políticas, estratégias, diretrizes e programas de atuação, visando à participação dos profissionais das áreas abrangidas pelo Sistema Confea/Crea no desenvolvimento nacional, propiciando maior integração com a sociedade e entidades governamentais.

Aos encontros locais, microrregionais e regionais que precedem a realização dos CEPs em todo o Brasil cabe a escolha de delegados que irão participar do evento nacional e o encaminhamento, às Comissões Organizadoras Regionais, de proposições que favoreçam a discussão dos seguintes temas:

 

Compuseram a mesa diretora dos trabalhos (da esquerda para a direita na foto abaixo) a Superintendente de Fiscalização do Crea-SP, Engª Maria Edith dos Santos; o Diretor Técnico do Crea-SP, Eng. Márcio Pernambuco; o Vice-Presidente do Crea-SP, Eng. Agrônomo Glauco Eduardo Pereira Cortez; o Coordenador da Comissão Organizadora Regional do CRP (COR), Eng. Clóvis Savio; o Coordenador da Comissão de Entidades Regionais de São Paulo (CDER-SP), Eng. Mamede Abou Dehm Junior; e o Superintendente dos Colegiados do Crea-SP, Eng. Gumercindo Ferreira.

 

Na programação da manhã, o Eng. Glauco falou aos Inspetores sobre a importância de se eleger delegados da região que levem aos Congressos Estadual e Nacional proposições específicas em prol do desenvolvimento da Engenharia e da Agronomia. “Mas é preciso – disse o vice-presidente do Conselho – que escolhamos aqueles profissionais efetivamente comprometidos com as legítimas demandas da sociedade. Para alguns é fácil criticar o Sistema Confea/Crea, mas esta é a hora de propor ideias e soluções que reforcem o que temos de bom e outras que corrijam o que há de errado. Eventos como este nos possibilitam essa oportunidade e não devemos desperdiça-la”.

O Eng. Clovis Savio apresentou o regulamento do CNP, lembrando que “o documento aponta para a necessidade de interferirmos em determinados pontos da legislação”, citando a Lei das Licitações (8.666), que “adota o mesmo procedimento de compra tanto para uma folha de papel quanto para uma obra de grande porte”. E o Eng. Salmen Saleme Gidrão, membro da COR, proferiu palestra sobre o tema central e os eixos temáticos do Congresso.

Após o almoço, os participantes foram divididos em salas separadas para discussão do tema e dos eixos. No encerramento dos trabalhos os inspetores e gestores do Crea-SP procederam à eleição dos delegados da primeira fase do Congresso.


Acima, Inspetores participantes do processo eleitoral para indicação de delegados

 

VEJA, ABAIXO, O REGISTRO DAS DISCUSSÕES DOS EIXOS TEMÁTICOS

EIXO 2 - RECURSOS NATURAIS

EIXO 1 - INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS

EIXO 4 - ATUAÇÃO PROFISSIONAL

EIXO 5 - ATUAÇÃO DAS EMPRESAS DE ENGENHARIA

EIXO 3 - INFRAESTRUTURA

A Comissão Especial Organizadora Regional do Congresso Nacional de Profissionais do Crea-SP é composta pelos seguintes profissionais: coordenador, Clóvis Sávio Simões de Paula (Engenharia Mecânica e Metalúrgica); coordenador adjunto, Edelmo Edivar Terenzi (Engenharia Elétrica); Daniel Cardoso (Geologia e Engenharia de Minas); Hamilton Fernando Schenkel (Engenharia de Agrimensura); Marcelo Akira Suzuki (Agronomia), Marcelo Alexandre Prado (Engenharia Química); Maurício Cardoso Silva (Engenharia de Segurança do Trabalho); e Salmen Saleme Gidrão (Engenharia Civil).

Após o debate no Congresso Regional, as proposições são sistematizadas de acordo com metodologia própria e encaminhadas à etapa seguinte.

Segundo os organizadores dos Congressos Regionais e Estadual, “nós, da área da Engenharia e da Agronomia, não podemos deixar de participar com as nossas propostas para a melhoria do Sistema Confea/Crea. A oportunidade está em nossas mãos”.

 

Para apresentar sua proposta, acesse aqui o passo-a-passo com orientações a respeito.

 

SUBSÍDIOS PARA A ELABORAÇÃO DAS SUAS PROPOSTAS

Vivemos em uma sociedade cada vez mais tecnológica, em que as mudanças ocorrem a cada dia. Novos conhecimentos são agregados à escala de conceitos globais a cada instante. O avanço da tecnologia e a preocupação com o meio ambiente requerem planejamento estratégico para que nada impeça ou prejudique o desenvolvimento do outro.

Diante disso, são recomendáveis as seguintes reflexões:

– Qual o papel da Engenharia e da Agronomia no Desenvolvimento Nacional?

– Como  fomentar e regular as inovações tecnológicas no processo de desenvolvimento econômico sob a ótica da Engenharia e da Agronomia?

– Como conciliar a aplicação de normas técnicas e o direcionamento político para um desenvolvimento sustentável com vistas a promover o equilíbrio na exploração dos recursos naturais e a conservação dos mesmos?

– Qual a responsabilidade das empresas da área tecnológica na realização de obras públicas e como podemos melhorar esse processo de contratação?

– Que papéis desempenham os dirigentes educacionais na formação dos egressos das universidades?

– Como a política define o caminho da formação dos novos profissionais? O que podemos fazer para corroborar com a manutenção e o aperfeiçoamento do ensino?

Estas e outras questões têm sido constantes no cotidiano da imprensa nacional em razão de desastres ocorridos em grandes estruturas, bem como a participação de profissionais do Sistema Confea/Crea nessas ocorrências.

O Crea-SP integra um sistema profissional criado há 85 anos por Lei Federal. Por isso, faz parte do anseio dos profissionais questionar:

– Como mudar as normas às quais os profissionais e as empresas de engenharia e de agronomia estão submetidos para que se alcance um aperfeiçoamento do Sistema, tornando-o cada vez mais atualizado?

– Como promover o aperfeiçoamento do ordenamento jurídico, criando condições facilitadoras para o desenvolvimento consciente e responsável da Engenharia e da Agronomia?

– Como obter retorno positivo de empreendimentos em parcerias público-privadas nas atividades fiscalizadas pelo Sistema Confea/Crea? 


Produzido pelo Departamento de Comunicação e Eventos do Crea-SP - DCEV
Reportagem e fotos: Jorn. Guilherme Monteiro.
Colaboração: Gustavo Fernandez.

 

 


  • compartilhar
  • Enviar por e-mail
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Linkedin
índice de notícias

Exibir notícias por:

Institucional

Fiscalização

Tecnologia

Clipping










Crea-SP

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1059

Pinheiros • São Paulo • SP • CEP 01452-920

Atendimento: 0800-17-18-11