Brasil. República Federativa do Brasil
Notícias RSS

contraste

separador

CÂMARAS ESPECIALIZADAS

Agronomia foca na orientação aos produtores e valorização profissional


À direita, Eng. Agrônomo Fabio Olivieri De Nobile, coordenador da CEA, com o Eng. Agrônomo Wiliam Alvarenga Portela, coordenador adjunto 

 

Desde o dia 22 de fevereiro, quando realizou sua primeira Reunião Ordinária do ano, a Câmara Especializada de Agronomia – CEA tem na coordenação os conselheiros Eng. Agrônomo Fabio Olivieri De Nobile e Eng. Agrônomo William Alvarenga Portela, respectivamente coordenador e coordenador adjunto. Nesta época do ano as Câmaras Especializadas do Crea-SP já estão pondo em prática seus Planos de Trabalho para o mandato de 2018, inclusive discutindo aspectos de fiscalização que possam ser implementados de acordo com as necessidades do Conselho e da sociedade.

Segundo o coordenador da CEA, “aprincipal preocupação de toda humanidade, neste século, é, com certeza, a preservação do meio ambiente, somada à necessidade de produzir alimento para mais de sete bilhões de seres humanos. Produzir com qualidade, sem destruir o nosso planeta. Isto leva a Câmara a funções de grande responsabilidade, como a de verificar, orientar e fiscalizar o exercício profissional na nossa área, com o objetivo de defender a sociedade contra as práticas ilegais nas profissões da Agronomia e atividades afins”.

 

Lembrete aos produtores

Além dessa preocupação primordial, a CEA ainda se propõe ao trabalho de promover a valorização desses profissionais, garantindo-lhes a primazia no exercício das atividades agronômicas. “Nesse sentido – explica o Eng. Fábio –, cumprindo a legislação vigente, que regulamenta as obrigações e atribuições dos Engenheiros Agrônomos, Florestais, Agrícolas, de Pesca e de Aquicultura, além dos Meteorologistas, o Conselho, visando a defender a sociedade e o planeta, vem lembrar o produtor sobre a obrigação legal de o profissional se responsabilizar pelas atividades de produção”.

Para 2018

A prioridade da CEA para este ano será: relatar processos encaminhados; acompanhar, orientar e capacitar os fiscais, segundo a Relação de Atividades; fomentar a fiscalização de empresas; ministrar, fomentar e fornecer os cursos de legislação do Crea-SP para formandos de nível superior; firmar parceria com a Comissão de Relações Públicas (CRP) para realização de cursos externos e internos; iniciar levantamento da matriz curricular dos cursos das Engenharias Agronômica, Florestal e Agrícola, para melhor conhecimento das disciplinas e suas respectivas cargas horárias.

 

Confira também:

Câmara Especializada de Engenharia de Agrimensura - CEEA
Câmara Especializada em Geologia e Engenharia de Minas - CAGE
Câmara Especializada de Engenharia Civil - CEEC
Câmara Especializada de Engenharia Química - CEEQ

 

 

Produzido pelo Departamento de Comunicação do Crea-SP
Reportagem e fotos: Jorn. Guilherme Monteiro.
Colaboração: Claudio Porto - Estagiário de Jornalismo.


  • compartilhar
  • Enviar por e-mail
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Orkut
índice de notícias

Exibir notícias por:

Institucional

Fiscalização

Tecnologia

Clipping










Crea-SP

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1059

Pinheiros • São Paulo • SP • CEP 01452-920

Atendimento: 0800-17-18-11