Brasil. República Federativa do Brasil
Notícias RSS

contraste

separador

Colégio de Inspetores do Crea-SP

Segunda etapa rumo ao estadual aconteceu em Mogi Mirim

Profissionais dos municípios de Mogi Mirim, Americana, Campinas, Limeira, Mogi Guaçu e Piracicaba participaram, nos dias 7 e 8 de abril, da segunda etapa do Colégio de Inspetores do Crea-SP, levada a efeito em Mogi Mirim.

O Colégio de Inspetores é o fórum permanente composto por Inspetores-Chefes, Inspetores e Inspetores Especiais e pelo Presidente do CREA-SP para auxiliar nas diretrizes de Fiscalização do CREA-SP, com o objetivo de aprimorar a atuação dos inspetores e consolidá-los como líderes de suas regiões, promovendo seminários, palestras, cursos, debates e outros eventos correlatos; discutir e propor diretrizes para a fiscalização do CREA-SP; discutir e propor ações que auxiliem na consolidação do processo de descentralização administrativa e financeira do CREA-SP;  traçar diagnóstico da atuação das Inspetorias, das Unidades de Gestão de Inspetorias e das respectivas Unidades Operacionais;  traçar estratégias para melhorar as relações institucionais na sociedade, promovendo a valorização dos profissionais do Sistema CONFEA/CREA, como agentes transformadores, importantes para o desenvolvimento sustentável dos municípios;  e promover maior aproximação do Colégio de Inspetores com o Plenário do CREASP, como fórum agregador ético e parceiro.

A solenidade de abertura aconteceu na noite da sexta-feira, 7, no Centro Cultural Prof. Lauro Monteiro de Carvalho e Silva. Ao lado do Presidente do Crea-SP, Eng. Vinicius Marchese Marinelli, compuseram a mesa diretora a Secretária de Obras, Habitação e Serviços de Mogi Mirim, Engenheira Renata de Faria Rocha Furigo; o Presidente da Câmara Municipal, Engenheiro Jorge Setoguchi; o Assessor do Confea,  Eng. José Gilberto Pereira de Campos; o Diretor Presidente da Mútua nacional, Engenheiro Paulo Roberto de Queiroz Guimarães; o Conselheiro Federal Eng. Eletricista Lúcio Ivar; o Diretor das Faculdades Integradas Maria Imaculada de Mogi Guaçu, Professor Mestre Romildo Morelato Junior; o Diretor Administrativo do Crea-SP, Eng. Carlos Eduardo de Vilhena Paiva; o Diretor Técnico, Engenheiro Glauco Eduardo Pereira Cortez; a Superintendente de Fiscalização, Engenheira Maria Edith dos Santos; a Coordenadora do Colégio Regional, Inspetora do Crea-SP em Mogi Mirim, Engenheira de Alimentos Lígia Dutra Silva; o Presidente da Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Mogi Mirim, Eng. José Antonio Dutra Silva; o Gerente Regional da 2ª Região, Eng. Valdir Zarpelon Junior; e o Chefe da Unidade de Gestão de Inspetoria de Mogi Guaçu, Engenheiro Rodrigo Bucci Zorzetto.

O Presidente do Confea, Engenheiro José Tadeu da Silva, acompanhou os trabalhos do sábado, 8, conduzidos na Faculdade de Tecnologia de Mogi Mirim - Arthur de Azevedo, e, em seu pronunciamento, destacou as conquistas obtidas com a mobilização realizada pelo Conselho Federal, com o apoio de profissionais de todo o País, junto às esferas do poder público federal para o fortalecimento e o aumento da representatividade da área tecnológica, como a luta para estabelecer a Engenharia como carreira de Estado e a criminalização do exercício ilegal das profissões.

A Fiscalização em Hospitais foi o tema da palestra conduzida pelo Diretor Financeiro do Crea-SP, Eng. Prod. Mec. Rodolfo Fernandes More.

O Assessor da Presidência do Confea, Engenheiro José Gilberto Pereira de Campos, ministrou a palestra “Confea e a Fiscalização”.

O Diretor Administrativo do Crea-SP, Eng. Carlos Eduardo de Vilhena Paiva, conduziu os trabalhos do sábado.

Participando pela primeira vez de uma reunião do Colégio de Inspetores, o Eng. Agr. Marcos Satoshi Ishida, da cidade de Socorro (acima, recebendo sua carteira de inspetor), considera de grande importância a troca de informações e experiências. “O ganho pessoal é muito grande, saber o que acontece em cada cidade acaba ampliando o leque de análises possíveis”, avaliou.

Antes de ser inspetor do Crea-SP, Satoshi já fazia parte da associação local de profissionais. “Existe uma necessidade grande de valorização do profissional, daí a importância da nossa atuação para zelar pelo fortalecimento da classe. A associação é forte na nossa cidade, agrega muitos profissionais, então, na medida em que as coisas foram se desenvolvendo, surgiu a necessidade de se formar uma CAF, foi um caminho natural para que eu chegasse a inspetor”, disse.

Para o inspetor de Socorro, o profissional que representa o Crea-SP em seu município deve ser “bastante criterioso e paciente, saber separar o lado pessoal do profissional, ser crítico, rigoroso, fazer a parte técnica prevalecer”.

Na função desde os anos 1990, o inspetor chefe Eng. Civ. Ailton Luiz Paschoal Tortella, do município de Amparo (foto acima, de camisa xadrez, ao lado do inspetor chefe de Indaiatuba, Eng. Renato Bottini), acredita que, para exercer esse papel, o profissional deva “gostar da profissão para ser capaz de protegê-la, além de ser o mais imparcial possível”.

Engenheiro há quase 25 anos, Ailton já foi presidente da associação de Amparo por duas gestões, além de suplente de Conselheiro. “Ao longo dos anos, a atividade do inspetor teve uma evolução muito grande, em benefício dos próprios profissionais. Antes não tínhamos contato com os agentes fiscais e hoje já é possível fazer denúncias on-line”, avalia.

O Gerente da 2ª Região, Eng. Valdir Zarpelon Junior, apresentou os números obtidos na ação de fiscalização promovida naquela região dias antes. Nas 27 cidades fiscalizadas, foram feitas 425 atividades, entre visitas e diligências, para pessoas físicas e jurídicas, em diferentes segmentos, como prefeituras, shopping centers, estabelecimentos de saúde, hotéis, obras e eventos itinerantes, quando foram encontrados 44 profissionais e 261 empresas sem registro.

Após o ciclo de palestras, os participantes foram divididos em grupos para o trabalho de avaliação das CAFs.

Ao final do evento, os novos inspetores receberam suas carteiras de identificação. A Engenheira Flávia Ferreira Galhardo representou o grupo em ato simbólico, recebendo a carteira das mãos do Presidente do Confea.

Nos dois encontros já realizados (Presidente Prudente e Mogi Mirim) foram reunidos mais de 300 profissionais. Em maio e junho, acontecerão etapas em Taubaté, Barretos, Araraquara, São José do Rio Preto e Marília. O XVI Seminário Estadual de Fiscalização está previsto para o final de junho em Campos do Jordão, reunindo quase 2 mil profissionais, entre inspetores, conselheiros e agentes fiscais do Crea-SP.

Produzido pelo Departamento de Comunicação do Crea-SP


  • compartilhar
  • Enviar por e-mail
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Orkut
índice de notícias

Exibir notícias por:

Institucional

Fiscalização

Tecnologia

Clipping










Crea-SP

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1059

Pinheiros • São Paulo • SP • CEP 01452-920

Atendimento: 0800-17-18-11